domingo, 2 de outubro de 2011

A VITICULTURA BIODINÂMICA NO BRASIL

A viticultura Biodinâmica, que conta com ilustres seguidores no mundo todo, chegou também ao Brasil, mais precisamente na Serra Catarinense, no município de Videira.

Jefferson Sancineto Nunes e um vinhedo biodinâmico da Santa Augusta

Quem está desenvolvendo esse projeto é a VINÍCOLA SANTA AUGUSTA, de Talina e Morgana De Nardi, com a consultoria do enólogo Jefferson Sancineto Nunes, excelente profissional que conta entre seus feitos a produção do primeiro Ice Wine do Brasil, além do Moscato Passito, elaborado por conta da própria Vinicola Santa Augusta.


Os vinhedos que estão sendo conduzidos com a pratica biodinâmica estão situados a mais de 1000 msnm, aproximadamente.
A biodinâmica é uma filosofia que prega o tratamento dos vinhedos sem utilização de agro tóxicos, mais ou menos como a viticultura orgânica, a diferença maior está no fato que a biodinâmica se preocupa em executar todas as tarefas ligadas ao vinhedo e, posteriormente, à vinificação, de acordo com o calendário lunar, seguindo portanto as fases da lua que, segundo a filosofia biodinâmica, tem influencia direta no resultado, assim todas as tarefas serão executada em determinado ciclo da lua, pois o fato desta estar crescente, minguante etc. terá influencia direta no resultado do trabalho e, consequentemente, na qualidade do vinho.
A Vinícola Santa Augusta começou esse ano a implantação da visão biodinâmica, os resultados até agora tem sido reconfortantes; a Chardonnay sofreu com um volume elevado de chuvas desde que começou a brotar, mesmo assim não foi verificado nenhum problema fitossanitário e as plantas estão com ótimo aspecto.
A primeira atitude tomada no decorrer desse novo curso, foi a eliminação dos herbicidas, em seguida a capina manual e a roçada entre as fileiras foram praticadas de acordo com o calendário lunar, na fase mais propicia.
Por exemplo em lugar de fungicida foi aplicado chá de cavalinha em varias passagem pelos vinhedos; em seguida houve a adubação com o composto biodinâmico conhecido como PB 500, composto de esterco e chifre, aplicação esta que será repetida este mês, sempre na fase lunar considerada mais propicia, de acordo com o calendário biodinâmico.


A poda, outro trabalho fundamental no vinhedo, foi feita na fase de lua minguante, nos horários prescritos pela biodinâmica para cada varietal.
O enólogo Jefferson Sancineto Nunes conta com três variedades a condução biodinâmica, Chardonnay, Merlot e Cabernet Sauvignon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário